terça-feira, 29 de setembro de 2009

Lembranças...


Em 1984 passei no vestibular para o curso de Ciências Sociais da PUC-SP, tinha17 anos e o Brasil e os brasileiros estavam encerrando um período horrível da história do país, ... Vivíamos a euforia da campanha das Diretas Já, quando milhões de brasileiros saíram às ruas para reivindicar o direito de poder escolher seus governantes e por fim a anos de autoritarismo, arbitrariedades, desmandos e corrupção da chamada Ditadura Militar.
Os estudantes da PUC nos mobilizamos e organizamos passeatas que agitaram a cidade de São Paulo e nos dias dos grandes comícios das diretas já, levamos mais de 100.000 pessoas ao Vale do Anhangabaú, onde 2.000.000 de brasileiros e brasileiras disseram basta a um regime corrupto e autoritário. O Congresso Nacional frustrou o povo brasileiro, apesar da maioria dos deputados terem votado favoravelmente à emenda constitucional de autoria do então deputado federal mato-grossense Dante de Oliveira que propunha restabelecer eleições diretas para a presidência da república, não foi atingido o quorum de 2/3, necessários para a aprovação da matéria.
Posteriormente aconteceu a eleição de Tancredo Neves no colégio eleitoral, e a morte do candidato eleito, ainda antes da sua posse foi outro golpe na esperança de democracia do povo brasileiro. Veio então a chamada "Constituição Cidadã" de 1988 e em seguida, no ano de 1989 pudemos finalmente escolher entre diversos candidatos aquele que acreditávamos ser o melhor para o país.
Nova frustração, o presidente eleito Fernando Collor de Mello foi afastado, próximo da metade do seu mandato, em meio a uma avalanche de denúncias de corrupção, a juventude brasileira tomou as rédeas da história em suas mãos e após manifestações que se alastraram por todo o país inclusive com comícios que em São Paulo e Rio de Janeiro levaram às ruas milhões de brasileiros com as caras pintadas com as cores do Brasil, cassaram o prepotente presidente corrupto e conduziram ao seu lugar o seu vice Itamar Franco.
O povo brasileiro decidiu por si, que quer deste país uma democracia, que quer governantes honestos e comprometidos com os reais interesses do povo brasileiro. Decidiu e assim o fez, transformou este país em uma nação respeitada e exemplo de democracia.
Políticos corruptos ainda existem e não são poucos, mas muitos homens e mulheres de todas as idades deram suas vidas para que hoje vivêssemos em um país onde de fato "... todo o poder emana do povo e em seu nome será exercido." Quando chamamos para nós a responsabilidade de enfrentar situações adversas e verdadeiros fósseis da política, que tratam a coisa pública como privada e confundem as suas ambições pessoais com estratégia de governo, estamos honrando estes brasileiros que deram a sua vida por este país.
Nunca fui um homem do discurso, apesar de não me furtar à responsabilidade da palavra. Sempre acreditei que a melhor maneira de ensinar é com o exemplo, agora os nossos jovens já sabem que a corrupção é mais um crime e que como os outros criminosos os corruptos também são punidos.
São Roque de Minas também virou uma página triste da sua história, mas deve se orgulhar de tê-lo feito, nossos jovens agora tem exemplos melhores em quem mirar, não sentimos mais vergonha quando alguém pergunta sobre o nosso prefeito.
Poucos acreditavam, más aqui também a esperança derrotou o medo.

André Picardi
http://www.revitalizacao.net/





Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

Um comentário:

Agostinho disse...

É isso aí Picardi! Viva a democracia! Então cassaram algum corrupto em São Roque ultimamente? Parabéns pela militância!